sexta-feira, 21 de março de 2014

Miss Rosie Imaginarium 1

Esta vai ser dedicada a artistas e ilustradores cujas obras influenciaram, e continuam a influenciar, o meu imaginário. Artistas que capturaram tão bem uma visão, uma descrição, um vislumbre de beleza, que sentimos uma ligação imediata, a sensação de que aquela pessoa soube dar expressão não só ao que um autor descreve mas também ao modo como o imaginamos.
     Começo por dois senhores, tão ligados ao universo Tolkiano, que são quase uma unidade (e a colaboração na adaptação d' "O Senhor dos Anéis" e d' "O Hobbit" ao cinema só veio reforçar a ideia). Já tinha visto muitas ilustrações da Terra Média e das personagens que a povoam  mas nenhuma fazia jus, achava eu, ao trabalho do professor Tolkien.
    Até me deparar com as ilustrações de Alan Lee e de John Howe.























Sempre me pareceu que se complementavam. Alan Lee, com o seu estilo lírico, atmosférico; John Howe, mais dinâmico e realista. O primeiro capta o sonho, a leveza, o segundo a acção, a ferocidade. O conjunto das duas visões retrata fielmente a dimensão simultaneamente épica e intimista da obra de Tolkien.




















Mas não só da Terra Média vivem os ilustradores, apesar da notoriedade da sua bem sucedida associação.
Há mais universos a retratar e a explorar, especialmente no campo da mitologia e do folclore celta. Deixo aqui alguns exemplos, particularmente de Alan Lee, cujo traço melhor se coaduna ao tema e cujo estilo mais aprecio.